O Marketing Multinível não apenas imita a vida. Ele escancara, sem filtros, todas as qualidades e defeitos que carregamos como seres humanos.

Isso acontece porque o relacionamento está no centro dos negócios neste mercado.

São milhões de Pessoas Físicas gerando bilhões para algumas centenas de empresas.

Portanto, quando existe qualquer problema no meio do caminho, é comum levarmos para o lado pessoal, em vez de encararmos como parte do negócio.

Este é um dos grandes motivos pelos quais dificilmente você vai encontrar alguém com um posicionamento neutro sobre o nosso modelo de negócio: ou elas amam ou odeiam.

E muitas vezes amam e odeiam ao mesmo tempo.

Motivos que fazem as pessoas amarem o MMN

  • Caminho simples para uma renda adicional com baixíssimo investimento, na grande maioria dos casos
  • Possibilidade real de ganhar muito acima da média salarial no Brasil, que é de cerca de R$ 2.200,00
  • Liberdade de tempo
  • Relacionamento com pessoas de diversos perfis, que geram novas amizades e negócios para a vida toda
  • Treinamentos de desenvolvimento pessoal que realmente mudam a mentalidade, por um valor absurdamente baixo – e muitas vezes de graça
  • Desenvolver a habilidade de vendas, que se torna útil pelo resto da vida

Motivos que as fazem odiar o Multinível

  • Promessas mirabolantes feitas por algumas empresas e por alguns “líderes” que não se concretizam e geram frustração
  • Má gestão de algumas empresas que levam a decisões prejudiciais aos consultores
  • Brigas pessoais com o patrocinador/linha ascendente
  • Problemas com a equipe (aliás, em qual outro mercado não existem problemas?)
  • Falta de maturidade para entender essa atividade como negócio
  • Busca por dinheiro fácil e falta de alinhamento de expectativas, que acabam gerando frustração

Como deixar de odiar o MMN

Todos os dias milhares de empresas de diversos segmentos quebram. Médicos erram diagnósticos. Atletas perdem campeonatos.

E nem por isso você odeia empresas, abomina a medicina ou detesta o esporte.

Então, por que levar para o lado pessoal tudo o que acontece dentro do ambiente de negócios do Marketing Multinível?

Antes de tomar qualquer decisão, procure fatos objetivos, entendendo que faz parte do negócio a tentativa das pessoas lhe persuadirem e influenciarem.

Desenvolva suas habilidades, para que você tenha sucesso em qualquer empresa, independentemente do que aconteça.

Alimente diariamente sua inteligência emocional, pois você vai precisar muito dela para lidar com pessoas de perfis tão diferentes no dia a dia.

Alinhe bem as expectativas com sua equipe, para reduzir ao máximo qualquer tipo de frustração.

Envolva-se, sim, emocionalmente, mas sem jamais ignorar o lado racional que pode levar você a decisões ruins.

Encare mais o Marketing Multinível como um negócio, que se utiliza do relacionamento. E não o contrário.

E, principalmente, continue acompanhando o upline.news, para mais análises como essa.

Ok, essa última fica a seu critério.

Mas se fez sentido pra você, compartilhe com sua equipe.

Fábio Guedes é jornalista e atua desde 2017 na Venda Direta e Marketing Multinível, construindo estratégias de conteúdo e comunicação institucional para grandes empresas e lideranças do mercado. Atualmente, presta consultoria de Comunicação e Marketing para empresas de Venda Direta, MMN e Franchising e é editor-chefe do portal upline.news

Deixe um comentário

© 2022 Todos os Direitos Reservados a Upline.News

Assine nossa Newsletter

Receba em primeiro lugar as novidades e conteúdos exclusivos do Upline.News



This will close in 0 seconds